Busque uma postagem

Arquivos

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Advento: tempo de alegre espera


O Advento é o início do Ano Litúrgico para a Igreja Católica, ele marca o início de um ano e, ao mesmo tempo, o fim do anterior.  O termo vem do latim Adventus: "chegada", do verbo Advenire: "chegar a" é, portanto, o período de preparação para a chegada do Menino-Deus no memorial do Natal do Senhor.  Celebrar o advento é celebrar a chegada de Cristo, o verbo divino que vem habitar entre nós.  Para este período há um símbolo predominante: a coroa do Advento. São quatro velas, marcando os quatro domingos do avento, formando um período linear de preparação para o Natal. Por ser linear vai se construindo ao longo dos domingos a espiritualidade cristã própria do tempo, ao passo que vai se revelando a face dum Deus Misericordioso que nos concede a Salvação que dEle brota através de Seu Filho, Jesus Cristo.  Os velhos que se sucedem dão o tom do momento e ajudam de forma determinante a viver a requisita experiência de fé do Advento.
Cada vela da coroa guarda um sentido: a primeira é a vela do perdão concedido a Adão e Eva, que de mortais se
tornarão seres viventes em Deus; a segunda é a vela da fé dos patriarcas que crêem na promessa da Terra Prometida; a terceira é a vela da alegria de Davi pela sua descendência; a quarta é a vela do ensinamento dos profetas que anunciam a justiça e a paz.
No Santuário São José de Ribamar, neste último domingo, 13, se acendeu a terceira vela da coroa do advento, a vela da Alegria. O diácono permanente Pedro Filho, ao lado do padre Gutemberg Feitosa, pároco solidário e vice reitor, acendeu a vela na presença dos devotos, na santa missa das 11h. Padre Gutemberg, durante a homilia, recuperou o sentido da vela e convidou os fiéis do padroeiro a se alimentar da espiritualidade do Advento para melhor celebrar o Natal do Senhor que vem para nós, em nosso corações, a gruta de hoje do Menino-Deus. O Advento é este tempo de graça e luz: tempo de preparação para Aquele que vem!