Busque uma postagem

Arquivos

domingo, 3 de maio de 2015

Santuário celebra abertura do mês mariano


 Hoje, 03, durante as missas celebradas no decorrer do dia, os párocos solidários celebraram a abertura do mês mariano, maio é dedicado a Maria mãe de Deus pela Igreja. Padre Cláudio Roberto, pároco solidário e reitor, presidiu a santa missa das 11h00min concelebrada pelo diácono permanente
Desterro. Na ocasião, devotos pagaram promessas e dirigiram suas orações durante a santa missa a São José. 
Durante todo o mês, dentro da agenda de missas, Nossa Senhora será lembrada como grande intercessora ao lado de São José, seu castíssimo esposo, padroeiros universais da igreja. 
O mês de maio tem uma grande importância para os cristãos e, de forma particular, para os brasileiros como explica dom Raymundo Damasceno, arcebispo de Aparecida, por conta da abertura do mês de maio ano passado:


"Maio, mês que toca nosso coração e por vários motivos: é o mês em que celebramos o Dia das Mães, e entre todas elas, aquela que é a mãe de Deus e nossa Mãe, a Virgem Maria a quem amamos e reverenciamos em todo o Brasil, com o titulo de Nossa Senhora Aparecida, nossa padroeira.
Celebrar as mães é celebrar a vida, é celebrar sua presença amorosa no lar, presença que acolhe, cuida, educa e ajuda a crescer. No Dia das Mães queremos cumprimentar e agradecer a todas as mulheres deste imenso Brasil que assumem e vivem com dedicação e responsabilidade sua vocação materna, que se realiza de diversas maneiras, seja no cuidado dos próprios filhos, seja na acolhida e adoção de outros, seja na vida consagrada, que, ao renunciar a maternidade biológica, pelo Reino de Deus, não abdica da maternidade espiritual, mas a realiza ao entregar toda a vida ao serviço de tantas crianças. Deus Pai, por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, derrame suas bênçãos sobre todas as mães do nosso Brasil.
Maio é também o mês de Maria, e desde o início da evangelização do Brasil, Nossa Senhora teve e tem uma grande presença na formação e na vivência cristã do nosso povo. Pode-se dizer que a nossa cultura tem raiz cristã e mariana. Basta observar quantas dioceses, paróquias, cidades, vilas, bairros, serras, rios, colégios, empresas, pessoas trazem o nome da Mãe do Céu, sob os mais diferentes títulos com os quais é invocada no Brasil e no mundo, para perceber o quanto o nosso povo, venera e ama a Virgem Maria.
Que Nossa Senhora Aparecida abençoe todos os lares do Brasil, para que sejam uma pequena igreja doméstica, onde se vive o amor, a fé, a união e a paz."
                            Dom Raymundo Damasceno Assis