Busque uma postagem

quinta-feira, 24 de abril de 2014

VIGÍLIA PASCAL É CELEBRADA NA NOITE DE SÁBADO NA COMUNIDADE DE SANTA MARIA





“Jesus já não está no meio dos mortos. Irrompeu a morte e vive plenamente”, assim o pároco solidário Maxemo de Jesus descreve o momento mais esperado por toda a Igreja de Cristo: a páscoa do Senhor, a ressurreição. Na noite de sábado (19/04), foi celebrada a vigília pascal na comunidade de Santa Maria e na Igreja Matriz de nosso Santuário. “A vigília é celebrada como ‘a mãe de todas as vigílias’”, afirma o padre em homília.
Celebrada há anos pela Igreja Católica, a vigília pascal da comunidade de Santa Maria e no Santuário de São José de Ribamar seguiu a tradição e iniciou com a benção do fogo e a preparação do círio pascal com a igreja à luz de velas e sem ornamentações. O ponto alto da celebração é a Eucarístia, a ação de graças por excelência, isto é, a presença do Cristo ressuscitado.
Segundo o Pároco Solidário Maxemo de Jesus, devemos buscar esse Cristo que se renova, porque dele jorra água pura e viva. “Os cristãos dão testemunho da Morte e ressurreição do Senhor Jesus e comprometem-se a ser vida, corpo dado e sangue derramado numa vida de ação de graças a Deus e ao próximo. Assim, inaugura-se um novo céu e uma nova terra”.



Vaticano


No sábado santo, o Papa Francisco também realizou a vigília pascal na Basílica de São Pedro, no Vaticano. Durante a vigília, o pontífice pediu aos católicos que levem a fé e o evangelho “até os confins da terra”.
O Papa pediu também que a igreja esteja mais próxima das pessoas, mais internacional e menos concentrada no Vaticano. “Esse não é um passo para trás, isso não é uma nostalgia. É retornar ao primeiro amor, receber o fogo que Jesus acendeu no mundo e levar a todos, até os confins da Terra”.



Confira a homilia completa do Papa Francisco:Clique AQUI.












Veja  mais fotos, clique AQUI!