Busque uma postagem

quarta-feira, 9 de abril de 2014

PAPA FAZ APELO PELA PAZ NA SÍRIA, APÓS A MORTE DO PADRE JESUÍTA






O papa Francisco fez hoje, 9, um apelo pelo fim da violência na Síria e convocou a todos para rezarem pela paz. Francisco lembrou o assassinato do padre jesuíta Frans van der Lugt. O sacerdote era holandês, tinha 75 anos e vivia no país há cinco décadas.

Segundo o papa, o sacerdote “sempre se comportou bem com todos, com gratidão e amor, e que, por isso, era uma pessoa amada e estimada por cristãos e muçulmanos”.
“Seu assassinato brutal me encheu de profunda dor e volto a recordar toda a gente que sofre e morre nesse país atormentado, presa a um conflito sangrento que já dura muito tempo e que segue causando morte e destruição. Penso na quantidade de pessoas sequestradas, cristãos e muçulmanos, sírios e de outros países, entre os quais bispos e padres. Peçamos ao Senhor para que possam regressar logo junto a suas famílias e comunidades”, disse o papa.
O papa fez um pedido de  cessar fogo aos responsáveis sírios e à comunidade internacional. “Não mais guerra! Não mais destruição! Há que respeitar os direitos humanos, atender a população que necessita de ajuda humanitária e chegar a desejada paz por meio do diálogo e da reconciliação”, acrescentou. 

Imagem: Rádio Vaticano





Créditos: CNBB